em




       Receba nossos boletins em
       seu e-mail:




  Cadastre-se em nosso site, divulgue
  sua clínica, encontre artigos, cursos,
  escalas, congressos, vídeos, teste
  seus conhecimentos...
                         Saiba mais




  Grupo de discussão para troca de
  informações entre mães, boletins de
  orientação, serviços de atendimento
  a deficientes...
                         Saiba mais

Enquete

Destaque

Livros

Busca rápida

Informações

Ferramentas
A influência dos amigos no consumo de drogas... - 16/05/2016
Internacionalização da investigação e do ensi... - 16/05/2016
Tipo de ensino e autoconceito artístico de... - 16/05/2016
Recasamento: percepções e vivências dos... - 16/05/2016
Criança no tratamento final contra o câncer... - 16/05/2016
Relação entre bullying e sintomas depressivos... - 16/05/2016
Desempenho operatório de crianças com queixas... - 16/05/2016
Cuidado e desenvolvimento em crianças escolar... - 16/05/2016
A relação mãe-criança durante o atendimento... - 16/05/2016
Escala de Estratégias de Coping na adolescên... - 16/05/2016
Estudo indica que autismo pode ser identifica... - 11/08/2015
A criança com autismo... - 11/08/2015
Esporte: uma arma infalível no tratamento do... - 11/08/2015
Médicos e pais enfatizam importância do di... - 11/08/2015
Alunos autistas do Recife recebem aulas com r... - 11/08/2015
Escola municipal do Recife limita frequência... - 11/08/2015
O mundo de uma garota com autismo... - 11/08/2015
Estudante com autismo passou 5 anos sem con... - 11/08/2015
Estudo genético liga inteligência a risco de... - 11/08/2015
Monumentos ficam azuis para o Dia Mundial do... - 11/08/2015

Escalas de Avaliação
Instrumentos Diagnósticos em Psiquiatria da Infância e Adolescência

      Conforme refere Jorge (1998), uma série de instrumentos de avaliação foi criada, principalmente naquelas culturas mais pragmáticas, envolvendo diversos aspectos da psiquiatria e da saúde mental, sendo utilizados, muitas vezes, em outras culturas, sem os cuidados necessários para que seus resultados sejam considerados fidedignos. Isso corresponde aquilo que, na maioria das vezes, é feito em nosso país, onde esses instrumentos são, no mais das vezes, simplesmente traduzidos, sem os mínimos cuidados necessários, e aplicados em populações variadas, sendo os resultados obtidos generalizados de maneira irreal e, via de regra, pouco responsável, uma vez que, para que se possa escolher o instrumento adequado para um determinado estudo, é importante conhecer os conceitos de validade e confiabilidade (Menezes, 1998), bem como o de adaptação do mesmo à realidade estudada.
      As escalas diagnósticas, ditas escalas de avaliação, constituem-se como questionários ou checklists de sintomas que, uma vez preenchidos apontam, de maneira mais precisa, para uma patologia específica.
      No Brasil, poucas delas foram desenvolvidas ou adaptadas para a população infantil.
      Dessa maneira, damos a seguir algumas das existentes em condições de utilização em nosso meio, para que os usuários deste site possam ter, em mãos, instrumentos que lhe facilitem a pesquisa clínica.



















Protocolos Diagnóstico-Terapêuticos para Pediatras
Asociación Española de Pediatría - Sociedad Española de Neurología Pediátrica










Para ver mais protocolos, clique aqui e acesse o site da Asociación Española de Pediatría.

Psiquiatria Infantil.com.br - Todos os direitos reservados © 2006 - 2015   Política de Privacidade   Termos e Condições de uso   Reprodução de conteúdo   Informações
Prof. Dr. Francisco Baptista Assumpção Jr.
Rua dos Otonis, 697 - São Paulo - SP
Telefone: (11) 5579 2762 - Tel/FAX: (11) 5579 7195
www.psiquiatriainfantil.com.br

Voltar ao Topo